Congelamento de salários novamente em vista

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 22/06/2016 11h55, última modificação 24/06/2016 10h26
Pedido dessa vez partiu do Vereador Cláudio Hansen

O PL 044/2016, que fixa o subsídio dos vereadores para o mandato 2017-2020, está novamente em vista. O pedido dessa vez partiu do Vereador Cláudio Hansen, na Sessão Ordinária da última terça-feira, 21. Uma emenda deve ser apresentada por Hansen, juntamente com o Vereador Samuel Jantsch (Muga).

Liberado para votação pelo Vereador Muga, que havia pedido vista na última semana, o PL 044/2016 fica por mais uma semana na Mesa. Com a proposta de redução dos vencimentos dos parlamentares, Cláudio Hansen disse fazer o pedido de vistas para os vereadores pensarem por mais uma semana. Na mesma noite mais seis matéria foram analisadas.

Em 2ª votação, o PL 036/2016 que “altera, atualiza e consolida a legislação sobre política municipal de atendimento dos direitos da criança e do adolescente e alterações dadas”, foi aprovado por unanimidade. Também em 2ª votação, o PL 039/2016 que se refere ao número de fiscal fazendário foi aprovado por maioria, com votos contrários dos vereadores Muga e Mana.

O PL 043/2016, que “fixa os subsídios do Prefeito, vice-prefeito e dos secretários municipais no mandato 2017-2020”, foi liberado para votação pelo Vereador Muga, que havia pedido vistas na última semana. A matéria teve aprovação máxima dos parlamentares em 1ª votação.

Também em 1ª votação, os PL’s 049/2016 (Neila Becker) que “ cria o guia eletrônico saúde da mulher” e PL 050/2016 ( Executivo ), que “ autoriza conceder auxilio financeiro à Associação Motobilística Biker Boys, autoriza a celebração de convênio”, foram aprovados por unanimidade.

Por fim, o Anteprojeto 009/2016 (Sônia Brites), que “dispõe sobre o IPTU” foi encaminhado para analise da CCJ.

A próxima Sessão Ordinária ocorre na terça-feira, 28, às 19 horas no Plenário da Casa e como de costume haverá transmissão ao vivo pelo YouTube. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados