Na Sessão Ordinária dessa terça-feira, os Vereadores receberam o Escritor Paulo Link, que fez uso da palavra para explanar sobre o seu livro " Convívio com os netos"

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 23/10/2019 12h40, última modificação 23/10/2019 12h40
Na obra o escritor Paulo Link dá mais detalhes sobre sua experiência como avô, como os momentos de diversão e brincadeira com os seus netos Francisco, Bento e Vicente.

Na Sessão Ordinária dessa terça-feira, 22, a Vereadora Marcia Ribeiro solicitou vista do Projeto de Lei do Poder Executivo, que visa alterar a atual legislação, onde a Municipalidade deve quitar em até 60 dias as condenações judiciais de até 30 salários mínimos. A nova Matéria Legislativa proposta, visa alterar esse valor para o teto do INSS, que será pago por meio de precatório no prazo estipulado de um ano e meio a dois anos, com a justificativa de que se considera a impossibilidade de previsão da quantidade de demandas que serão promovidas contra o Município a cada ano. Esse Projeto de Lei será encaminhado para uma nova análise da Comissão Especial Parlamentar Fiscalizatória (CEPF) e retorna para votação na próxima Sessão Ordinária.

 

Ainda durante a noite, os Vereadores receberam o Escritor Paulo Link, que fez uso da palavra para explanar sobre o seu livro “ Convívio com os netos”. O escritor contou como produziu a sua obra, com a capa de seu livro desenhada pelo seu neto Francisco que tem cinco anos. Ainda há detalhes sobre sua experiência como avô, como os momentos de diversão e brincadeira com os seus netos Francisco, Bento e Vicente.

 

Os parlamentares receberam novas Matérias Legislativas que foram encaminhadas para análise da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) e em seguida da Comissão Especial Fiscalizatória (CEPF). Por fim, os Vereadores apresentaram novos pedidos ao Poder Executivo, que estão à disposição dos estancienses pelo seguinte

link: https://sapl.estanciavelha.rs.leg.br/mate…/pesquisar-materia, onde você pode acompanhar a tramitação de cada matéria legislativa e acompanhar o trabalho de cada parlamentar.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados