Novos pedidos de vistas marcam Sessão Ordinária

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 29/10/2015 07h31, última modificação 29/10/2015 07h31

Dois projetos de Lei em 2ª votação, três em 1ª, uma Moção e um Projeto de Resolução estavam em pauta na Sessão Ordinária de terça-feira, 27. Em 2ª votação, o PL 089/2015 (Executivo), que altera carga horária dos agentes de controle interno, foi aprovado por maioria, recebendo voto contrário do vereador Samuel Jantsch (Muga). Já o PL 092/2015 (Euclides Tisian), que denomina a rua 7 do Bairro Lago Azul de José Rui Siqueira de Camargo, foi aprovado por unanimidade.

O PL 069/2015 (Executivo), que reestrutura o Conselho Municipal Antidrogas de Estância Velha – COMAD-EV, que havia recebido pedido de vistas na última semana pelo vereador João de Godoy  (Dudu), foi liberado para votação, mas entrou novamente em Vistas com o pedido do vereador Lotário Seevald (Saci), que disse que o projeto ainda não está bem esclarecido. Outra matéria que recebeu Pedido de Vistas do vereador Carlito Borges foi o PL 088/2015 (Executivo), que autoriza o Poder Executivo Municipal a firmar contrato real de uso com a Associação Recreativa Cultural e Beneficente Acadêmicos do Samba . Segundo o parlamentar, a área que o Executivo pretende repassar a entidade não é apropriado e não teria condições de construção.

Outro projeto em 1ª votação, PL 093/2015 (Executivo) , que “autoriza o Poder Executivo Municipal a permutar áreas de terras”, foi aprovado por unanimidade.

A Moção 022/2015 (Luciano Kroeff), que parabeniza o atleta Eduardo Copatti, também foi aprovada por unanimidade. Já o Projeto de Resolução 002/2015 (Sônia Brites) que altera o regimento interno da Casa, recebeu Pedido de Vistas da própria autora, pois os demais vereadores alegaram que não tinham conhecimento do projeto.


Texto: Assessoria Câmara

Foto: Anderson Weiler

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados