Pedro Vira Mato se torna nome de Rua

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 02/12/2015 10h45, última modificação 02/12/2015 10h48
Outros 7 Projetos e 4 Emendas foram votados em Sessão Ordinária
Pedro Vira Mato se torna nome de Rua

Carlinhos comentou da homenagem feita pelos colegas ao seu pai

A primeira Sessão Ordinária do mês de dezembro, contou com três Projetos de Lei em 2ª votação, quatro PL’s em 1ª e quatro Emendas Modificativas para apreciação dos parlamentares.

Os projetos em 2ª votação foram os primeiros a serem analisados: PL 101/2015 (Sônia Brites), que dispõe sobre a obrigatoriedade nos concursos públicos no âmbito municipal a constar questões de história e cultura afro-brasileira e indígena; e PL 102/2015 (Sônia Brites), que denomina o Centro Municipal Cultural Novisol o local da antiga sede do calçados Novisol. Ambos foram aprovados por unanimidade.

Em seguida, foram apreciados os projetos em 1ª votação: PL 099/2015 (João de Godoy e Carlito Borges), que faz com que a rua localizada no Bairro Lago Azul entre as ruas Walter Klein e Recife, no Loteamento Vale do Sol, passa a ser denominada de rua Pedro Soares (Pedro Vira Mato); PL 103/2015 ( Executivo), que autoriza redução de encargos dos créditos tributários e não tributários, para pagamento a vista; PL 104/2015 (Executivo), que autoriza o poder Executivo a celebrar convênio de cooperação com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Estância Velha/ Ivoti – CDL e com o município de Ivoti e PL 081/2015 (Executivo), que possibilita regulamentação de edificações em desacordo com o plano diretor e código de obras do Município de Estância Velha, votado junto com a Emenda Modificativa. Todas as matérias foram aprovadas por unanimidade.

Após a votação dos projetos, a Sessão foi suspensa para reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), para que pudesse ser analisado o PL 094/2015( Executivo ), que estima receita e fixa despesa do Município de Estância Velha para o exercício de 2016. Também foram analisadas as três emendas modificativas do projeto, que incluíram no orçamento o valor de R$ 350 mil para construção da Capela Mortuária, R$ 200 mil para uma Casa de Passagem e R$ 100 mil para participação de empresas em feiras e eventos. Esgotados os 5 minutos, os vereadores retornaram e aprovaram por unanimidade as matérias.

Extraordinária

Encerrada a Sessão Ordinária, os parlamentares se reuniram em Sessão extra, para analisar duas matérias em 2ª votação: PL 103/2015 e PL 104/2015. Ambas foram aprovadas por unanimidade.

Texto e foto: Anderson Weiler/CMEV
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados