Secretário da Saúde presta informações sobre o andamento dos trabalhos em sua gestão.

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 16/05/2018 11h30, última modificação 16/05/2018 11h32

A noite de ontem, foi marcada pela participação do Secretário da Saúde Mauri Martinelli na Sessão Ordinária na Câmara de Vereadores. O Secretário, usou o espaço para fazer um balanço do trabalho realizado por ele à frente da secretaria de saúde, por 20 minutos, fez sua explanação, falando da situação do hospital, citou que há um edital de licitação que deverá ser publicado em breve,  para gestão pública com prestação de serviços privados, falou sobre o não funcionamento do bloco cirúrgico, e que isto ocorre pelo fato do hospital ainda não possuir um gerador elétrico com capacidade de suprir as demandas do bloco cirúrgico em caso de falta de energia e que sem o mesmo não há como colocar o bloco em funcionamento, falou ainda sobre os erros nas instalações elétricas no bloco, as quais precisam serem substituídas, principalmente no que diz respeito as tomadas que possuem amperagem abaixo da necessária. O projeto elétrico já está sendo refeito e espera-se que no máximo em 45 dias esteja pronto.

Falou ainda, sobre a readequação da estrutura administrativa do Hospital Getúlio Vargas, salientou que há necessidades de criar cargos administrativos e funcionais dentro do Hospital, e que para isso é necessário a criação de sete cargos, cargos estes que já estão sendo ocupados, mas que seus ocupantes não respondem pelos atos praticados, sendo toda responsabilidade repassada ao Secretário de Saúde, portanto a necessidade desta adequação. Segundo o Secretário, será encaminhado um projeto de lei para apreciação desta casa, que elimina todos os FGS dos enfermeiros plantonistas e pede que os Vereadores apoiem o projeto.

Segundo Martinelli, Está conseguindo reduzir os custos dos serviços,  sem a diminuição da qualidade dos mesmos. Salientou ainda, que há um projeto para melhorar a ambientação interna do Hospital, desde a recepção até as roupas de cama, melhorando toda a estrutura interna, e o objetivo é a readequação para ser um hospital de médio porte e que traga conforto e comodidade aos pacientes. O secretário, esclareceu ainda que dos exames de imagem, apenas o Raio X é custeado pelo SUS, os demais, são todos pagos pelo município. E que Estância Velha está oferecendo dentro das suas possibilidades esses exames que não são pagos pelo SUS.

Dentre os assuntos abordados, está o Programa MAIS MEDICO, onde ele esclareceu que os médicos estrangeiros serão substituídos por médicos brasileiros. Informou ainda, que de acordo com o programa MAIS MÉDICOS, é obrigação do município, oferecer moradia aos médicos participantes do programa, que na ocasião da vinda destes médicos, foi alugado apartamentos no valor de R$ 1.600,00 com mobiliários um tanto quando deteriorado, e que em um acordo com os médicos, foi proposto alugar um apartamento menor e com valores menores e com mobiliário novo, esclarecendo o lançamento do edital para compra de camas de casais, guarda roupas, armários e outros objetos para mobiliar o apartamento dos médicos do MAIS MEDICO e que o valor do aluguel, baixa de R$ 1.600,00 para R$ 550,00, salientou ainda que será enviado à Câmara de Vereadores,  um projeto de lei de incentivo à médicos estrangeiros residentes no Brasil e domiciliados em estância Velha, o qual oferecer um salário mínimo valor este que será repassado diretamente aos médicos, não sendo enviados ao seu país de origem, como é o caso dos médicos Cubanos e que por uma questão de humanidade surgiu esta ideia.

O secretário falou ainda sobre o atraso da construção da UBS do Campo Grande, que houve uma repactuação da obra com a construtora e que a previsão de entrega da construção está para o dia 15 de agosto de 2018. Salientou ainda que os moveis da UBS, já estão todos comprados só aguardando a finalização da construção.

Martinelli informou que a Secretaria de Saúde estará mudando de endereço, e que todos os serviços da mesma ficará suspenso até a conclusão da mudança.  E que o atual prédio da secretaria, será transformado em um centro de especialidades médicas.

Vários outros tópicos foram abordos pelo Secretário, que após suas explanações, respondeu aos questionamentos dos Vereadores desta casa. Dentre os questionamentos, estava a construção da UBS do Lago Azul, que segundo o secretário, só será iniciada no próximo ano, pois não há previsão orçamentária para a construção da mesma, no entanto, os Vereadores salientaram que há sim a previsão orçamentária, uma vez que foi aprovado no ano passado, uma emenda no valor de R$ 626 mil reais, valor este que sairia do repasse do Duodécimo da Câmara de Vereadores pela Prefeitura. E que no total, seriam R$ 676 mil reais na Rubrica da construção da UBS Lago Azul contando com a contrapartida da prefeitura, ficando a cobrança para que esta Unidade seja iniciada ainda este ano. O secretário se colocou à disposição para prestar mais informações aos vereadores caso seja necessário.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados